Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Partilhar, partilhando

Aqui falo de coisas minhas e coisas que vou vendo ou vou sabendo. O que gosto e o que não gosto. Falo de tudo e de nada!

Partilhar, partilhando

Aqui falo de coisas minhas e coisas que vou vendo ou vou sabendo. O que gosto e o que não gosto. Falo de tudo e de nada!

As minhas plantas e eu

20170616_161240.jpg

 

20170616_162739.jpg

 

A verdade é que gosto muito delas, mas elas não vão à bola comigo. São tratadas nas palminhas, mas não sabem reconhecer quem se preocupa com elas e as trata quase como gente. 

Se está frio dou-lhes pouco de beber, porque penso que tal como acontece comigo, não lhes apeteça água. Mas se tenho calor dou-lhes bastante. Com o tempo quente devemos ingerir mais quantidade de líquidos.

Não faço discriminações se é para regar, rego todas, se é para as colocar ao sol, vão todas. Mas julgam que me agradecem as ingratas? Pelo contrário, algumas entraram em greve e começaram a definhar. Só para me fazer sofrer. Reivindicam que não querem ser tratadas de forma igual. Umas gostam muito de sol e outras não, umas gostam de muita água e outras basta-lhe um duche rápido de oito em oito dias e outras ainda não gostam de muita água e exigem mesmo estar sempre à sombra. Isto não é fácil.

Para que aqui em casa volte a paz social, e porque as quero saudáveis e maravilhosas e porque elas odeiam ser tratadas como gente, comecei a procurar informação sobre comportamento vegetal, incidindo a busca nos gostos e personalidade das minhas plantas.

E pronto minhas meninas, vamos lá levantar a greve. Vão passar a ter tratamento discriminatório, como vocês plantas tanto apreciam e não vou mais tratá-las como gente. Prometo. Mas por favor ponham-se bonitas.

 

Fiquem bem.

Mary S.

 

7 comentários

Comentar post