Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Partilhar, partilhando

Aqui falo de coisas minhas e coisas que vou vendo ou vou sabendo. O que gosto e o que não gosto. Falo de tudo e de nada!

Partilhar, partilhando

Aqui falo de coisas minhas e coisas que vou vendo ou vou sabendo. O que gosto e o que não gosto. Falo de tudo e de nada!

Boa notícia ao pequeno almoço

 

IMG_0229.JPG

 

Hoje de manhã estava sentada a tomar o pequeno almoço e a ver na televisão as primeiras notícias do dia, quando uma notícia me chamou a atenção. Portugal foi considerado o terceiro país mais pacífico do mundo. Que somos gente de paz, já sabemos, mas ter um lugar no podium nesta matéria nos dias que correm é motivo para nos orgulharmos.

Mas não fomos sempre um povo pacífico, as guerras e lutas sucederam-se, primeiro para que existissemos como país independente, depois contra mouros e castelhanos, por vezes com ambos ao mesmo tempo, quer para ganhar mais território, quer para não perder o que tínhamos conquistado. Tivemos que nos defender dos franceses que entraram por aqui adentro por três vezes. Lutámos muitas vezes uns contra os outros. Ao longo da nossa história tivemos várias guerras civis, o pior que pode acontecer a um pais, por deixar marcas profundas, muitas vezes irreversíveis. No século XX e fora das fronteiras de Portugal Continental, participámos na Primeira Guerra Mundial e tivemos treze anos de Guerra Colonial. Muita guerra, muitas mortes, muito sofrimento. 

Por tudo isso, quem sabe, cansados por séculos de tantas contendas, passámos a dar mais valor à paz e hoje somos o tal país de brandos costumes. Paz e sossego é o que se quer - frase muitas vezes dita e repetida por tantos. Talvez por isso e por causa disso, temos afastado os radicalismos. 

É bom ouvir esta notícia pela manhã. Portugal é o terceiro país mais pacífico de Mundo. Razão para sentir muito orgulho do povo que fomos e que somos.

Fiquem bem.

Mary S.

4 comentários

Comentar post