Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Partilhar, partilhando...

Falo de coisas minhas e coisas que vou vendo ou vou sabendo. O que gosto e o que não gosto. Falo de tudo e de nada!

Partilhar, partilhando...

Falo de coisas minhas e coisas que vou vendo ou vou sabendo. O que gosto e o que não gosto. Falo de tudo e de nada!

30
Nov18

Pisar as poças de água


Partilhar, partilhando..

criança_natureza_capa.jpg

 

Pisar de propósito as poças de água é coisa da miudagem. De todos, creio eu. Faz parte da sua condição de crianças. Se existir água no caminho, mesmo que possa ser evitada, por onde caminha a gente pequena? Vão directos à água, chapinhando bem no meio. 

No Inverno costumava usar galochas, porque os caminhos tinham água e lama, e de casa à escola distava uns bons três quilómetros. Era certo e sabido que atravessava todas as poças que me aparecessem à frente. 

A roupa que à saída de casa tinha um aspecto, quando voltava podia ter outro, por estar salpicada de castanho avermelhado. E lá tinha de ouvir o sermão da minha mãe. Ouvir não custava nada, pior seria se ela ao ver a roupa naquele estado, por instantes se esquecesse que também já tinha feito o mesmo.

Felizmente a minha mãe tinha uma excelente memória.

Fiquem bem. 

29
Nov18

As Crónicas do meu blog - A senhora idosa e o seu cão


Partilhar, partilhando..

Esta.jpg

 

Há dias quando de manhã abri a janela do quarto, vi na rua uma senhora bastante idosa que passeava o cão. Era de baixa estatura e tinha a coluna bastante curvada. Vestia uma gabardina preta. Preta era também a pelagem do cão. 

Possivelmente não lhes teria dado atenção, não fosse ter chovido muito, o chão estar bastante encharcado e ter reparado que a senhora idosa caminhava com muita dificuldade. Apoiava-se numa canadiana no lado esquerdo e na mão direita segurava a trela do animal. 

Vê-la com tanta dificuldade de locomoção, levou-me a pensar que poderia escorregar, ou então o que sucederia se o animal por qualquer motivo começasse a correr ou se resolvesse andar mais depressa. 

Mas talvez por estar familiarizado com as limitações da dona, ou quem sabe, por ser também idoso, o animal andava devagar, chegava a parar, dando-lhe tempo para ela subir o passeio, como se entendesse que não podia acelerar o passo. 

E lá seguiram, ela a coxear, ele ao lado, caminhando sempre no ritmo dela. Nem mais, nem menos, absolutamente sincronizados, como se fossem um só.

Naquela manhã chuvosa, continuei à janela até os ver desaparecer ao fundo da rua. Ambos de preto, de preto integral. A senhora idosa e o seu cão.

Fiquem bem.

 

28
Nov18

Um Domingo caseiro


Partilhar, partilhando..

 

chuva2.jpg

 

No Domingo passado, por culpa da chuva que praticamente não parou, não saí de casa. Foi um Domingo caseiro. Aproveitei para fazer umas arrumações que andava a adiar, fiz comida para os primeiros dias da semana, o que me facilitou bastante a vida, depois foi a lista de presentes de Natal e para o final da tarde, vi um filme embrulhada na minha manta quentinha, fiel e inseparável companheira deste tempo e destes dias. A chuva continuava, a rua parecia um rio e as árvores estavam num alvoroço. Então tive uma ideia - isto está a pedir um lanche ajantarado com aquelas coisas que sei serem do agrado dos meus queridos comensais. A pensar em mim, fiz arroz-doce, também tenho direito de quando em vez às tentações açucaradas. Adoro arroz-doce. Quente de preferência. 

Gosto destes dias, em que o estado do tempo nos aconselha a ficar recolhidos no nosso casulo. São bons para fazer coisas que gostamos e usufruir calmamente do convívio com os que estão junto de nós.

Fiquem bem.

 

21
Nov18

Um café, uma bica ou um cimbalino


Partilhar, partilhando..

cafe_iStock1.jpg

 

Pedir um café, uma bica ou um cimbalino, são formas possíveis de pedir o mesmo, e não me estou a referir ao estabelecimento onde a bebida se vende, que também se chama café, mas à bebida em si. Bica é a forma lisboeta, cimbalino é usado no Porto.

Trata-se de uma bebida simples, feita com dois ingredientes, água a ferver e grãos de café que foram previamente secos, torrados e moídos. Em regra é servido em chávenas pequenas, porque é forte e bastante estimulante, devido à cafeína. Quando tirado nas máquinas quanto menor for a quantidade de líquido na chávena mais forte será. Uma grande percentagem de portugueses são verdadeiros apreciadores e gostam dele quente, com creme e aromático. 

Quantos de nós, reconhecemos que ficamos melhor depois de tomar o primeiro café do dia. Mais preparados e conformados para enfrentar o trânsito, o trabalho, os colegas, os chefes e outras coisas eventualmente chatas que nos apareçam à frente. 

Por acaso vou agora beber. São servidos?

Fiquem bem.

19
Nov18

Outono nas Montanhas


Partilhar, partilhando..

20181118_121824.jpg

20181118_121849.jpg

(Seia - Parque Natural da Serra da Estrela)

 

Nunca tinha visitado as terras mais altas do nosso país, no Outono. Já tinha ido algumas vezes na Primavera, também em Agosto e por isso sei bem o calor que lá faz, mas a maior parte das vezes tenho ido no rigor do Inverno, já passei alguns Natais e Passagens de Ano numa aldeia da Serra da Estrela. Mas o Outono naquelas paragens era para mim completamente desconhecido, mas deixou de ser este fim de semana.

Fomos de Lisboa para a Covilhã, passámos pela região da Cova da Beira que está linda, pintada de tons de amarelo, laranja e cobre, não tenho fotos porque não parámos. Depois fomos em direcção à Guarda e Trancoso. No dia seguinte estivemos em Seia e arredores. Ficam umas fotos que mostram o quanto as paisagens estão bonitas. Os castanheiros foi sem dúvida o que mais me surpreendeu, sempre os tinha visto com folhagem verde, vê-los de folhas cor de fogo e sem ouriços, porque já foi tempo da colheita, não os reconheci. Estão lindos, coloridos. Parecem uma pintura. 

Paisagens com cores de encher o olhar e que fazem feliz quem gosta desta época do ano. Valeu a pena subir à Beira Alta, para ver o Outono nas nossas montanhas.

Fiquem bem. 

Pág. 1/5

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Novembro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Blogs Portugal

Quantos estão por cá

Visitas de fora

Flag Counter