Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Partilhar, partilhando...

Falo de coisas minhas e coisas que vou vendo ou vou sabendo. O que gosto e o que não gosto. Falo de tudo e de nada!

Partilhar, partilhando...

Falo de coisas minhas e coisas que vou vendo ou vou sabendo. O que gosto e o que não gosto. Falo de tudo e de nada!

De Varsóvia ao Báltico - Helsínquia

 

IMG_8867.JPG

 Teatro Nacional da Finlândia

IMG_8874.JPG

 Catedral de Helsínquia

IMG_8897.JPG

  Igreja Ortodoxa - Helsínquia

 

Depois da travessia do Mar Báltico que referi no post anterior, desembarcámos na capital da Finlândia e fizemos um tour pela cidade. Passámos pelos lugares mais emblemáticos, a Praça do Senado, em cujo topo norte está a Catedral de Helsínquia, a Estação Central, o Ateneum, a Esplanada, o Teatro Nacional, a Avenida Mannerheim. Depois à beira mar, vimos a Roda Gigante, a Igreja Ortodoxa e a Praça do Mercado (Kauppatori), onde existe diariamente um mercado de rua, com venda de frutas, artigos artesanais e tendas de restauração. É muito conhecida por ser um bom local para se experimentar a comida típica finlandesa.

Helsínquia é uma cidade relativamente pequena, o mar e as actividades a ele ligadas, estão muito presentes. Passámos por várias marinas dentro da cidade e os espaços verdes e esplanadas estavam cheios de pessoas a aproveitar o Sol no final de um Verão fora do comum.

Já era noite quando fomos para o hotel onde jantámos e descansamos um pouco porque o voo para Lisboa era muito cedo, tivemos de deixar da cama a meio da noite.

E assim terminou esta viagem. A próxima durará menos dias e será a uma só cidade, que já conheço, mas onde ficou muito para ver.

Barcelona, até já.

Fiquem bem.

Mary S.

6 comentários

Comentar post