Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Partilhar, partilhando...

Falo de coisas minhas e coisas que vou vendo ou vou sabendo. O que gosto e o que não gosto. Falo de tudo e de nada!

Partilhar, partilhando...

Falo de coisas minhas e coisas que vou vendo ou vou sabendo. O que gosto e o que não gosto. Falo de tudo e de nada!

Já saímos do lixo!

foto3.jpg

(Foto retirada da Internet)

 

Já saímos do lixo! Dito assim até parece tarefa fácil, mas não foi! 

Devido à crise que começou em 2009 e que nos levou à quase bancarrota, as agências de rating colocaram a dívida soberana do país, na categoria de "lixo". Só para os mercados, porque enquanto povo que existe há séculos, nunca fomos nem seremos lixo, muito pelo contrário. Provámos isso muitas outras vezes, nos mais variados tipos de feitos e também nas crises. E tivemos muitas! Esta, não foi fácil e ainda continua a não ser. Tem sido uma penosa caminhada, porque foi sofrida, dolorosa e traumatizante para a maioria de nós. 

A nossa saída do "lixo" já tinha sido decretada por outras agências, mas agora ditado pela Moody's tornou o facto verdadeiramente oficial. Já saímos do lixo! Nesta grave crise financeira por que passámos, a Moody's foi a primeira agência que colocou a nossa dívida nesse patamar e foi a última que a retirou. 

Agora que deixámos o "lixo" e estamos num ambiente mais limpo, para quem devem ir os agradecimentos e louvores? Por mim, vão inteirinhos para os portugueses, para ti, para mim, para nós, simples anónimos que perderam empregos, casa e até a presença física de familiares queridos, para os que perdendo tudo continuam com força e ânimo para seguir em frente, para os que tendo mantido o seu emprego ou empresa, sem recorrer a esquemas ou fraudes pagaram tudo o que em nome da crise e por causa dela lhes foi sendo exigido. E foi muito, foi demasiado. 

Já saímos do lixo! Dito assim até parece tarefa fácil, mas não foi.

Fiquem bem.

Mary S.