Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Partilhar, partilhando...

Falo de coisas minhas e coisas que vou vendo ou vou sabendo. O que gosto e o que não gosto. Falo de tudo e de nada!

Partilhar, partilhando...

Falo de coisas minhas e coisas que vou vendo ou vou sabendo. O que gosto e o que não gosto. Falo de tudo e de nada!

01
Nov18

Com todos os quês e porquês


Partilhar, partilhando..

 

cha-na-inglaterra.jpg

 

Quando visitamos uma cidade como Londres, o tempo de estadia costuma ser insuficiente para ver o muito que esta cidade tem para oferecer, mas aconselho a que se puderem, façam uma pausa para viver uma experiência diferente. Tomar o chá da tarde.

O Five o'Clock Tea, hoje em dia não tem um horário rígido, pode ser tomado a qualquer hora, desde que seja da parte da tarde, por isso se diz por lá "Afternoon Tea". Chá da tarde. 

O chá à inglesa, será servido num bule e chávenas de porcelana, acompanhado sempre por leite, sanduíches pequenas diversas, vários tipos de salgados, o tradicional bolo inglês e os scones que não podem faltar, para além de vários outros tipos de bolos. Os scones costumam ser servidos com manteiga, natas e compotas. Nos sítios mais requintados o chá da tarde pode incluir champanhe. Podemos chamar a este repasto, um verdadeiro lanche ajantarado. 

Para experimentar esta tradição inglesa (embora o hábito de beber chá tinha sido levado por uma rainha portuguesa), a dificuldade está na escolha do local, mas existem para todas as bolsas, sendo que o "Afternoon Tea" mais caro custuma ser servido nos hotéis, e dentro destes, tão mais caro quanto o luxo dos mesmos. Em alguns tem de se fazer marcação prévia.  Mas podemos optar por locais mais acessíveis, como as casas de chá e os restaurantes. Dentro dos Armazéns Harrods, servem o chá da tarde, nos diversos restaurantes.

São várias as opções, mas todas com o mesmo denominador comum - experimentar o verdadeiro "Afternoon Tea" servido à inglesa, com todos os quês e porquês. 

Fiquem bem.

 

24
Out18

Uma história de chá e laranjas


Partilhar, partilhando..

Victorian-Ladies-800x445.jpg

 

O chá é originário da China e foi introduzido na Europa pelos portugueses no século XVI. Sabemos que foi a Infanta de Portugal D. Catarina de Bragança, filha do rei D. João IV e de D. Luisa de Gusmão, que levou o hábito do chá das cinco, o "five o'clock tea" para a corte inglesa, porque casou com o rei Carlos II de Inglaterra. Bebia diariamente o chá, acompanhada pelas suas damas de companhia, que a tinham acompanhado desde Portugal. Vivia muito isolada porque nunca se sentiu aceite na corte, por não ter filhos e por ser católica. 

Mas D. Catarina deixou outro costume ainda seguido em terras de Sua Majestade, a compota de laranja, que os ingleses chamam erradamente “marmelade”. Em Portugal a marmelada não tem nada a ver com doce ou compota de laranja, pois é feita com marmelos, um fruto de Outono que por acaso já falei aqui num post anterior.

Diz-se que D. Catarina recebia com regularidade cestas de laranjas de Portugal, que lhe eram enviadas por sua mãe, mas algumas não chegavam nas melhores condições a Inglaterra. Ela que conservava o costume bem português de fazer doces e compotas, diz-se que fazia compota de laranjas amargas para as damas suas inimigas que viviam na corte, em especial as concubinas do rei, seu marido, e compota de laranjas doces para as suas damas de companhia e amigas.  Era uma pequena vingança.

Fiquem bem.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Dezembro 2018

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Blogs Portugal

Quantos estão por cá

Visitas de fora

Flag Counter